Condeúba Terra Boa

Um povo humilde e trabalhador
Triste sofrido mas com seu valor
Luta, briga e não se desespera
Esperando a sorte que os espera

A mais antiga da região
De um povo que vive na solidão
Cego de fé e de razão
Vivendo de pura ilusão

Trabalha na enxada e no facão
Honestamente ganha o seu pão
Trabalha tanto sem descansar
Para no fim da vida nada ganhar

As crianças vivem a se perguntar,
Quando crescer onde vou trabalhar
Os oportunistas vivem para enganar
Votando em mim, vai trabalhar

É triste o que posso analisar
Um povo que só pensa em casar
Não sei como posso agüentar
Viver em um lugar que não tem mar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: